Pendurando-se num Gancho-Móvel

Publicado originalmente em climbing.com por Jeff Achey (tradução livre)

Uma alternativa rápida para nuts e grampos

A Técnica “pendurando-se num móvel” foi aperfeiçoada por uma pequena leva de escaladores de equipes de resgate e de speed-climbing em Yosemite, mas mesmo se você preferir escalar paredes lentamente, como eu faço, pendurar-se num móvel pode lhe poupar problemas quando em rachaduras finas, bem como proteger a rocha e ganhar alguns pontos de “ajuda limpa”.

gancho-move

Ganchos moveis, foram originalmente concebidos por Ed Leeper, são alavancas simples, aço duro que entram em rachaduras finas, diedros, sob tetos entre outros. Moses Enterprises fabrica-os em diversos tamanhos (10,95 U$D cada, mosesclimbing.com). Ganchos móveis são mais usáveis em fendas muito finas para as peças móveis, onde você provavelmente usaria Nuts ou Pitons. Nuts após pressão podem ficar difíceis de remover e muitas vezes se tornam lixo no processo. Ganchos móveis, em contra-partida, saem facilmente. A desvantagem é que um canal que é seguro, enquanto você está em pé sobre o produto pode cair fora quando não esta sob pressão do peso, usar o gancho móvel pode ser um pouco assustador.

A colocação conforme os livros irá utilizar uma ampliação de ranhura na rachadura sútil, mas ao contrário dos Nuts os ganchos móveis não precisam de uma constrição na rachadura para trabalhar. Enterre a lâmina em qualquer lugar que vai se encaixar, prenda uma solteira na fita do gancho e levante-se distribuindo o peso igualitariamente para as laterais da rachadura. Por esta razão considere todas as outras opções antes de usar o gancho-móvel em arenito macio. Uma vez que o gancho pode quebrar as boras da rachadura. Uma opção com alavancagem reduzida está disponível na versão do gancho para rochas mais macias “lacas frágeis”.

Evite sobressaltos quando se deslocar entre ganchos móveis, uma vez que isso irá reduzir a pressão no gancho mais baixo, possivelmente causando sua queda ou saída da fenda. Ao invés disso, posicione o próximo gancho cuidadosamente, posicione-o e teste-o com um passo firma na sua solteira. Em seguida movimente-se.

Rachaduras mais largas tornam o gancho-móvel complicado e menos seguro e em cantos ligeiramente agudos você vai precisar de uma rachadura mais ampla, a fim de inserir uma lamina ligeiramente curva, o menor tamanho de gancho pode vir a calhar aqui. Curvas muito agudas não podem ser usados o gancho-móvel. Auxilie fendas horizontais colocando o gancho de cabeça para baixo.

Testes realizados por Chris McNamara da supertopo.com descobriram que as laminas retangulares móveis pareciam segurar melhor quando usado e arredondado do que quando novo, portanto, você pode tentar delicadamente fazer o trabalho a mão nos novos ganchos para obter um pouco mais de área de superfície e mordida. Nunca use um esmeril, o calor pode arruinar a qualidade do aço e a elasticidade do mesmo.

Ao usar o gancho-móvel durante sua escalada, você pode eficientemente saltar ou variar o seu caminho até uma rachadura. Quando o cansaço começar a chegar, deixe um Nut ou um Móvel como proteção (o Nut colocado apenas para a proteção pode ser mais fácil para o escalador participante retirar a peça em que você estava). As vezes é possível deixar um gancho móvel particularmente bem encravado no lugar para proteção, mas guarde-o o mais rapidamente possível! Se você está usando o gancho móvel horizontalmente, abaixo de uma laca ou um teto, considere como seu gancho vai se comportar e ajuste sua técnica.

Leave a Reply